Feb 27 2012

Premiação de Som no Oscar 2012

 Mixagem de som, mais ou menos a mesma coisa que edição de som…”. Assim disse o crítico de cinema Rubens Ewald Filho apresentando o Oscar 2012 na televisão brasileira. Hoje são quatro os prêmios da AMPAS (Academy os Motion Pictures Arts and Sciences) que contemplam os profissionais de som. São eles: Melhor Canção Original (Best Original Song), Melhor Trilha Musical (Best Original Score), Melhor Edição de Som (Best Sound Editing) e Melhor Mixagem (Best Sound Mixing). Os dois primeiros, mais fáceis de serem compreendidos, não costumam gerar muita polêmica. Inclusive foi no prêmio de Melhor Canção Original que os brasileiros Carlinhos Brown e Sergio Mendes, criadores da música “Real in Rio” da animação Rio de Carlos Saldanha, foram selecionados para concorrer. Agora, qual seria a diferença entre o prêmio de Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem? Ou por que exatamente existem esses dois prêmios de som?

Continue lendo


Feb 23 2012

Família Saldanha: mais de 30 anos fazendo som no cinema brasileiro


Há um tempo o canal Multishow produziu no programa Bastidores um quadro sobre a “Familia Saldanha – O Som no Cinema Brasileiro“. Família que conta com o renomado técnico de som direto Jorge Saldanha, com mais de 30 anos de experiencia, e seus filhos que também seguiram carreira na área. Vale a pena conferir o trabalho dessa turma.

 


Feb 16 2012

Entrevista com o técnico de som direto João Godoy: Parte II

Dando continuidade a entrevista com o técnico de som direto João Godoy, segue a última parte.

 

Hugo Reis: Até onde você acha possível a captação de som interferir nessas decisões de mise-en-scène, de escolha de locação e etc.?

João Godoy: No caso da mise-en-scène, o limite para a interferência é a função narrativa da cena, você não pode propor alterações que descaracterizem a função narrativa da cena. Em relação a escolha de locação, pela minha experiência, depende fundamentalmente da estrutura de produção, do tamanho do orçamento, depende da capacidade da produção. Esse é o primeiro dado. Por exemplo, se é uma produção que tem baixo orçamento e a produção consegue uma casa de graça pra fazer o filme, é isso! A casa que você tem é aquela! Ah, mas tem barulho, tem rua, tem vizinho, tem cachorro, você não tem como resolver. Continue lendo


Feb 7 2012

Entrevista com o técnico de som direto João Godoy: Parte I


“Uma terceira falácia, a reprodutiva, postula que a imagem é criativamente infiel, ao passo que o som é mecanicamente fiel. Na verdade, porém, a captação de som é igualmente criativa; mais que simplesmente registrá-lo, também o manipula e reelabora”.

(Rick Altman, 1992. Sobre as quatro falácias a respeito do som no cinema. Em Sound Theory – Sound Practice)

 

Durante o XV Encontro Nacional da Socine, que se deu no Rio de Janeiro, em setembro, encontramos o técnico de som direto João Godoy, que justo saía de sua participação numa mesa em que se discutia o som no cinema. Doutor em comunicações pela ECA-USP com uma tese que versa sobre os procedimentos de trabalho na captação de som direto em longas-metragens, João Godoy acumula no currículo mais de 20 longas, Continue lendo


Feb 6 2012

Memórias Sentimentais de um Editor de Passos

Memórias Sentimentais de um Editor de Passos (Daniel Turini, 2006) é um filme-denúncia sobre a edição de som na era digital e a possibilidade de que cada pequeno ruído se desloque um frame para cá ou para lá. Atenção! Não se percam no baile, sincronia é um conceito subjetivo.

Boa Sessão!