Nov 20 2012

Raul Locatelli e o som direto no cinema mexicano contemporâneo

A RUA – Revista Universitária do Audiovisual publicou recentemente uma entrevista realizada pelo colaborador Hugo Reis com o técnico de som direto Raul Locatelli. Segue a entrevista na íntegra:

Raul Locatelli é uruguaio, mas escolheu a Cidade do México para viver e exercitar seu ofício: técnico em captação de som direto. Adquiriu experiência na publicidade e hoje se dedica ao cinema, apostando em parcerias com proeminentes diretores do cinema mexicano contemporâneo. Entre os vários filmes nos quais trabalhou destacam-se Los Bastardos (Amat Escalante, 2008), Parque Vía (Enrique Rivero, 2008) e Luz Silenciosa (Carlos Reygadas, 2007). Este último, distribuído no Brasil pela Imovision, garantiu-lhe reconhecimento internacional após receber o prêmio de “melhor som” no Festival de Havana e no Cine Ceará: Festival Ibero-americano de Cinema. Nessa entrevista, realizada em seu apartamento na Cidade do México, Raul contou sobre suas experiências, seus procedimentos de trabalho, sua relação com a tecnologia e ainda sobre o pensamento sonoro de novos diretores do cinema mexicano como Carlos Reygadas e Amat Escalante.

Continue lendo


Nov 19 2012

Gravação Multipista

“Uma das questões centrais da gravação multipista é a qualidade da monitoração, ou melhor, as limitações da monitoração de tantos microfones, fontes e canais discretos. Para quem nasceu em um mundo multipista é interessante refletir sobre a mudança de paradigma que a introdução deste tipo de gravação ocasionou e o impacto que teve no modo de trabalho do técnico de som direto. Mais um episódio do ‘Operário Criador‘”.

Mais em: Som de Filmes

 

 


Nov 9 2012

Ouvir o Documentário

 

De 21 a 24 de novembro acontece nas cidades de Cachoeira e Salvador na Bahia o I Seminário Internacional Ouvir o Documentário: música, vozes e ruídos. Além de várias mesas e grupos de discussões, o seminário conta ainda com palestras do pesquisador norte-americano Bill Nichols e uma oficina de som direto para documentário ministrada por Napoleão Cunha.

“O Seminário Internacional Ouvir o Documentário: música, vozes e ruídos tem como objetivo principal contribuir para a pesquisa e para a reflexão acerca de questões comunicacionais, técnicas e estéticas relativas aos aspectos sonoros dos documentários. Ao privilegiar a análise de tais elementos, visa, igualmente, suprir uma lacuna importante da produção acadêmica recente sobre os documentários, que notadamente tem privilegiado a análise de seus elementos visuais.”

Abaixo você confere o crítico e teórico do cinema Bill Nichols falando sobre o som no documentário:


Nov 1 2012

Processamento de diálogo

Mais um episódio da série Operário Criador.

“Uma das questões centrais da pós produção de som no audiovisual é o grau de processamento a que submetemos o som direto. Não existe fórmula que contemple todos os filmes. Decisões de produção, opções estéticas, possibilidades técnicas fazem parte da equação. Neste episódio do Operário Criador, dois craques da pós, José Luiz Sasso e Beto Ferraz fazem um ping pong muito interessante sobre o tema.”

Mais em: Som de Filmes