Oct 21 2016

Sonologia 2016

sonologia
SONOLOGIA 2016 – Out of Phase é uma conferência internacional voltada para o campo dos Estudos do Som. O evento é marcado pela ênfase na pesquisa transdisciplinar envolvendo diferentes instâncias culturais, políticas, artísticas e exploratórias em que o som tem papel protagonista.
Durante o evento serão apresentadas 4 palestras proferidas por convidados de renome internacional, cerca de 50 comunicações de pesquisa e mesas de debate.

De 22 a 25 de novembro de 2016. Terça a sexta das 10h às 19:30. 

Inscrições:
Além da participação dos congressistas, serão abertas 25 vagas para participantes-ouvintes que deverão passar por um processo de pré-seleção. Os interessados devem enviar uma mensagem para o e-mail sonologia@usp.br até o dia 24/10/2016 contendo: 1) uma descrição do seu interesse em participar no SONOLOGIA 2016 – Out of Phase (até 300 palavras); e 2) um breve currículo (até 300 palavras). Os selecionados devem ter disponibilidade para assistir aos 4 dias do evento e receberão um certificado de participação.”

Local: Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar. Bela Vista – São Paulo.

Informações retiradas do site do evento: SONOLOGIA 2016


Oct 7 2016

Produzindo Áudio pra Games

“A revista Sound on Sound foi conversar com profissionais de trilhas, dublagens e mixagem para games para entender melhor os aspectos técnicos e mercadológicos do segmento.”


Oct 4 2016

Som Direto no Cinema Brasileiro: fragmentos de uma história

capa_som_final_efeito5-copy

Lançado recentemente no IV ENPSC, o livro “Som Direto no Cinema Brasileiro: fragmentos de uma história” do técnico de som direto Márcio Câmara, já está disponível para venda* pelo email: euphemiafilmes@gmail.com

“O texto de Márcio Câmara é o resultado das inquietações que movem o profissional no que diz respeito ao papel criativo do técnico de som direto. É uma característica do trabalho dele a vontade de contribuir criativamente para o que assistiremos na tela, proporcionando através de suas gravações a oportunidade para que demais setores da cadeia produtiva do audiovisual possam estabelecer relações instigantes entre sons e imagens. Ele faz uma necessária história da função do técnico de som direto no Brasil, mas, para além disso, faz a defesa da autoria criativa possível no trabalho diário do set. Entre o pragmatismo do trabalho diário, suas inquietações e questões densas como a relação entre tecnologia e os hábitos de escuta se inscreve um texto necessário, e, imagino, prazeroso para os trabalhadores da área e para os demais interessados.” do prefácio de Fernando Morais da Costa. 

Continue lendo


Sep 27 2016

1927 Audio: construindo práticas de trabalho

Foto de 1927 Audio

Localizado em Curitiba, o 1927 Audio é um dos estúdios mais importantes de pós-produção de áudio do país. Nessa entrevista, Alessandro Laroca e Eduardo Virmond, os dois responsáveis pelo 1927, falam de sua formação profissional e de como estabeleceram a estrutura de trabalho do estúdio ao longo dos últimos anos.

Rodrigo Maia Sacic: Como vocês vieram a trabalhar com cinema?

Alessandro Laroca – Eu comecei com a música. Desde os meus 16 anos, eu queria ser músico. Mas acabei entrando para faculdade de arquitetura porque aquilo parecia muito distante. Fiz dois anos do curso e acabei trancando pra me dedicar à música. Foi quando eu me mudei pra São Paulo a essa idéia de trabalhar com música. Durante o curso de arquitetura, eu já tinha interesse em cinema, mas não pensava em trabalhar com isso. Depois da minha chegada em São Paulo, eu descobri que existiam faculdades de cinema lá, o que era algo que eu sequer imaginava que existisse até então. Naquela época, só existiam 3 faculdades de cinema no Brasil inteiro: a USP, a FAAP e a UFF aí no Rio. Eu fiz vestibular pra FAAP e passei. Isso foi em 93.

Continue lendo


Sep 15 2016

O som no audiovisual contemporâneo: desafios e perspectivas

A semana acadêmica do curso técnico em Produção de Áudio e Vídeo do IFPR Curitiba realizou esta semana um debate sobre “o som no audiovisual contemporâneo: desafios e perspectivas” contando com a presença dos profissionais de som Débora Opolski, Alexandre Rogoski e João Caserta. A mediação ficou a cargo do professor Luis Bourscheidt. Assista a mesa na íntegra clicando na imagem abaixo:

som