Apr 18 2017

Expandindo a linguagem sonora no audiovisual.

“O design de som é baseado em mentira. Quando você assiste a um filme ou show de TV, quase todos os sons que você ouve são falsos. Nesta palestra rica em áudio, Tarsos Frantzolas explora o papel do som em narrativas e demostra como o nosso cérebro é facilmente enganado pelo que ouve.”

 


Mar 3 2017

BIS – Bienal Internacional do Cinema Sonoro

BIS

De 16 a 25 de março acontece em Goiânia-GO a Bienal Internacional do Cinema Sonoro – BIS. O objetivo é de revelar trabalhos com uma linguagem sonora criativa, instigante, e potente a fim de contribuir para a evolução da linguagem sonora na arte cinematográfica e estimular o desenvolvimento de estudos sobre o som no cinema bem como da própria linguagem sonora no audiovisual.

A BIS contará com oficinas de direção, edição e captação de som, uma masterclass com convidado internacional, sediará também o Encontro Regional de Profissionais de Som do Cinema em parceria com o ENPSC, além de mostras competitivas de longa-metragens e curta-metragens.

Para mais informações fiquem atentos no site e nas páginas oficiais do festival no Facebook e Instagram:

Site: www.bis.art.br
Facebook: www.facebook.com/bienalcinema
Instagram: www.instagram.com/biscinemasonoro

 

Feb 18 2017

Foley no Brasil

foley brasil 

Olá! Sou Rosana Stefanoni, editora de som formada pela ECA-USP, e a convite do Artesãos do Som apresento aqui a minha dissertação de mestrado “Foley no Brasil“, de 2014, que está disponível para download logo abaixo.

A intenção ao escrevê-la era fazer um retrato do mercado de foley nacional, entrevistando personagens importantes daquele momento (2012-2014) e reconstruindo parte de sua evolução no país. Após apenas 3 anos, algumas (muitas) coisas mudaram, e acredito que esse registro segue sendo importante pra que a história não se perca. Por ter sido artista de foley de 2008 a 2012, escrevi esse texto com muita base na prática, apresentando uma visão “de dentro” da profissão, tendo como objetivo mostrar, para quem se interessa por som de cinema, um pouco do que é o Foley no Brasil
 
O material extra que disponibilizo é um tesouro em si. Ele contém a íntegra das entrevistas que fiz com figuras importantes dessa história, sendo elas: José Luiz Sasso, Alessandro Laroca, Miriam Biderman, Luiz Adelmo, Kiko Ferraz, Guta Roim, Felipe Burger, Renato Galimberti, Roger Hands e Ricardo Reis.

Dec 10 2016

Teste de Projeção: oficina para técnicos de som visando a qualidade de projeção

Quer sentir o que se passa no ENPSC?

No site do Encontro Nacional dos Profissionais de Som do Cinema ou no canal do youtube ENPSC você pode acompanhar várias palestras e oficinas que aconteceram nas IV edições do Encontro. Em especial o workshop “Teste de Projeção: oficina para técnicos de som visando a qualidade de projeção” com Kiko Ferraz e participação especial de Carlos Klachquin, e outros feras do som do cinema nacional!

Acesse, aproveite e ajude a disseminar este conhecimento!

 


Dec 1 2016

Uma outra escuta do filme “O Som ao Redor”

som-ao-redor-2

Está disponibilizado para leitura e referência bibliográfica a dissertação de mestradoProcessos ao redor: uma discussão entre técnica e estética a partir de uma outra escuta do filme O som ao redor, de Léo Bortolin, defendida em agosto de 2016 pelo programa Multimeios, da Unicamp.

Num primeiro momento a entender qual o real papel do sound design num filme, essa nova expressão sonora que vem ganhando destaque e grande importância à narrativa fílmica, fomos induzidos a refletir o desenho de som do longa metragem brasileiroO Som ao Redor (2012), do diretor Kleber Mendonça Filho. Tudo isso surge pelo grande interesse do som no cinema, estimulado a fortalecer a valorização desse campo, pensar melhor suas articulações e assim trazer esse apanhado a prática cinematográfica, suportes necessários as iniciativas criativas. E foi justamente durante essa pesquisa que assinei a direção de som de dois filmes com uso instigante da narrativa sonora e com elementos expressivos para a melhor percepção fílmica, o curta Command Action (2015) vencedor de dois prêmios de Melhor Som (48° Festival do Cinema Brasileiro de Brasília e no 8° Curta Taquary – Festival Internacional de Curta Metragem – PE) e o curta A moça que dançou com o Diabo (2016), ganhador da “Menção especial do Júri” na competitiva Palme d’Or do Festival de Cannes, entre outros prêmios.

Continue lendo